Palco Ibérico no XIV FIMI

05.06.2019

O Palco Ibérico voltou a encantar o público do Jardim da Praça do Império, trazendo este ano cinco fantásticos grupos musicais que nos brindaram com a sua contagiante energia e ritmos folk de raiz tradicional europeia, combinados com outros elementos de fusão.

O cartaz teve início no dia 17 de Maio (sexta-feira) com os portugueses Recanto, e com os espanhóis Skama la Rede, uma noite bem passada que começou com o grupo português a cativar a audiência com a melodiosa voz da vocalista e com a agilidade com que o duo tocou uma panóplia de instrumentos. Com o avançar da noite, chegou a vez dos Skama la Rede (repetentes nestas andanças). A energética música e os entoados gritos de comando, fizeram o mais pacato cidadão encher-se de uma rebeldia momentânea, embarcando nesta festa de origem asturiana.

No fim-de-semana a animação ficou a cargo do músico O Gajo e dos Galandum Galundaina, que subiram ao palco no dia 18 de maio (sábado). Durante cerca de uma hora o público em Belém rendeu-se aos acordes d’o Gajo e à harmoniosa sonoridade da sua viola campaniça. Para encerrar a noite os Galandum Galundaina, presença assídua no FIMI, voltaram a mostrar porque são um dos grupos de música que mais vezes tocaram no festival. A boa disposição e contagiante energia foi uma constante e as já conhecidas canções foram acompanhadas por vozes e passos de dança da plateia. O entusiasmo foi tal que para alguns este, foi um dos melhores concertos do grupo em Lisboa.

Na tarde de domingo a música foi garantida pelos Ciranda que subiram ao palco para animar o final de tarde de domingo e convidar os presentes para um baile sem preconceitos, nem limite de participantes.

Recanto

Recanto

Skama la Rede

Skama la Rede

O Gajo

O Gajo

Galandum Galundaina

Galandum Galundaina

Ultimas Noticas
Evento | Arcu Atlantico 2015
Exposição | Exposição Lamego
Exposição | Exposição Miranda do Douro
Edições | Coleção "Rituais com Máscara"